Van Gogh - Temporada 2017

Van Gogh - Temporada 2017
Estreia dia 17, no Teatro Marília

quarta-feira, 3 de março de 2010

O estudo para a vida

Alguns amigos leitores têm perguntado porque optei por estudar administração. "Conte porque escolheu o curso, Josiel. Por que não jornalismo ou letras?", escreveu a Maria Luísa, lá do Bairro Ouro Preto. Por várias razões, companheiros. Especialmente, porque o assunto está em tudo em nossas vidas. "Planejamento, organização, direção e controle" foi o que entendi logo nos primeiros dias de aula. O bom trato com as letras tento entender nos livros, com os escritores e com os poetas. O jornalismo deixo para os colegas que dão show de cobertura no Aqui e no Estado de Minas - basta citar a fantástica atuação do grupo no caso do maníaco. É de dar orgulho.

Estou é bastante feliz com as boas lições que venho aprendendo na universidade. Não está nada fácil (quem disse que seria?). Reduzi a carga horária no volante para poder ter tempo para os estudos. A grana está mais curta, é verdade. Mas, por outro lado, já começo a me sentir recompensado. São muitos os novos amigos na escola. Nunca me senti tão "tio" em toda a vida. Não sou o mais velho da sala, mas são mais de 30 abaixo de mim. Uma farra. Ando pelo câmpus com meu fichário sob o braço, com a cabeça erguida e feliz. É muita gente bacana e interessada reunida. Temos na turma também, naturalmente, quem não quer nada com a dureza. Paciência. Há tempo para tudo nessa vida. Daqui a pouco, penso, vão sentir o peso da responsabilidade.

No mais, é um barato essa nova fase da vida. Melhor ainda poder contar com o apoio e com a generosidade da mulher companheira. Violeta é única. Vejam só como é criativa até para lidar com o ciúmes: deu-me de presente uma bela camiseta para ir às aulas com os dizeres "Sou legal, não tô te dando mole". Não é uma beleza?! Ri até quando li o texto, bordado à mão por ela mesma. É claro que estou usando o mimo. A galera faz a maior farra com o meu romance. Vamos até fazer um churrasco no próximo fim de semana, em Esmeraldas, na casa de um colega. Todo mundo quer conhecer a Violeta. É assim que tem que ser. Também quero que ela conheça meus novos amigos.

Não me lembrava do tanto que o estudo e o trabalho, juntos, podem fazer bem ao homem. A gente se sente mais útil e produtivo. Tenho conversado com os amigos na praça sobre isso. Muitos deles estão até motivados a seguir o meu caminho. Uns vão puxando os outros. É assim. Também estou seguindo o caminho de outro amigo que, em 2000, resolveu mudar de vida. Voltou a estudar e, hoje, comanda um lava-jato de sucesso na cidade. Vivia a me dizer: "O estudo é tudo, Josiel. A faculdade é ambiente que só faz bem para a pessoa". Grande William! O amigo sabe das coisas. Foi o primeiro amigo a me dar os parabéns quando soube que retomei os estudos.

Evidente que há sempre alguém para falar pelos cotovelos. O mau-humorado do Lilico me veio com essa: "Estudar pra quê? O mercado não quer saber de quem já chegou aos 40". Não estudo para o mercado, Lilico. Estudo para a vida.

Bandeira Dois - Josiel Botelho - 3/3/10

Nenhum comentário: