Fantástico - Vai fazer o quê?

domingo, 5 de abril de 2009

Amor de mãe


Célia Violeta escreveu:

"Quero voar além mundo,
transpor o tempo,
encontrar e abraçar você.

Viver o silêncio e a emoção
de ter seu corpo unido ao meu,
no amor encarnado de mãe,
preenchendo minha metade levada,
lavada, diluida.

Banir a saudade
lá onde só o amor existe.
É a esperança, filhinha,
é o sonho,
de sentir no afago materno
sem dor, a minha amada
GABRIELA".

Poesia escrita com o coração na ponta dos dedos. Verso e reverso de dor doída. Em poucas palavras: grito surdo, abraço no espaço.

Um comentário:

ana disse...

Que lindo, o que a Tia Celia escreveu!!!!