Vincent - Um solo de amor

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Chovia...

Chovia, mas os ladrões não usavam guarda-chuvas
Texto e direção: Jefferson da Fonseca Coutinho
Belo Horizonte – Minas Gerais – Brasil – 2005

Elenco: Ana Cândida Cardoso, André Prata, Arthur Pires, Bia Morais, Bruno Peixoto, Carol Chaves, Dan Costa, Ferdinando Ribeiro, Fernando Borges, Jenniffer Lamounier, Juliana Jardim, Jefferson da Fonseca Coutinho, Lilian Campomizzi, Lucas Costa, Paula Sá, Wander Possas, Roberta Santos, Saulo Senra e Maestro Manoel.



Coreografias: Cláudia Assunção
Figurinos: Cássia Cyrino

9 comentários:

uai, mundo? disse...

É denso e belo. A gente tem que se concentrar bastante para captar o momento essencial. Bravo!
P.S. : Estou aguardando ansiosasmente o prósximo capitulo do conto ai embaixo. Tá bom demais. Paz e bem.

Rachacuca disse...

Muito bom rever essas imagens.
Assisti uma pequena sequência ali que eu não conhecia, os palahaços jogam Luiz Otávio de uma lado para o outro, nunca havia visto isso. Engraçado, né?

E então, vamos filmar isso? jahejahea.

Abraço,
B.

Cecy disse...

Lembro-me bem... eu tava começando na PUC... e admirei mto o espetáculo! O Ferdinando disse q vc pretende montá-lo novamente. Se o fizer, garanto minha presença!!!

Cecy

Vander Possas disse...

Foi uma construção muito bacana, o trabalho foi arduo com muitos desafios e foi maturando, de repente ganhou uma dinâmica fantastica,assim ele entrou num processo meio que espiritual,sabe! as coisas pareciam um pouco fora de controle.Eu lembro que falava com o Andre num ensaio e a Ana Candida ensaiava com o Saulo, nos começamos a tocar um ponto do Candomblé, que o Martinho da Vila Gravou e o Jefersom deu um sorriso e acenou com a cabeça e nos apertamos o som,num dado momento ele acenou pra parar e depois como um regente de uma orquestra,mandava recomeçar e a partir deste momento ele encontrou a liga e todo espetaculo condensou.Tinhamos partes que estavam muito boas e outras soltas, e neste momento a coisa fluiu de forma muito rapida, foi muito gratificante estar ali,naquele momento.

Vander Possas disse...

ESTOU FAZENDO CURSO DE CONSTRUÇÃO DE BONECOS NO GIRAMUNDO E PROCURO ATORES PARA MONTARMOS CURSO DE MANIPULAÇÃO, CASO ALGUEM TENHA INTERESSE ENTRE EM CONTATO;(31)3042-2114/8821-1590

Roberta Santos disse...

Eia!... Aperto no coração de saudade...
Denso, tenso e alegre! Ironia constante este espetáculo... Acho que o mais completo e gratificante para mim!
Obrigada, Jeff, por esta oportunidade de sentir mais uma vez o "clima" deste espetáculo!
Ah, Bruno, se quiser filmar é só me avisar com 1 dia de antecedência que será um prazer viajar 600Km para fazê-lo!
Beijos a todos!...

Anônimo disse...

"A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade."
(Carlos Drumond de Andrade)
Bom lembrar que tivemos estes momentos tão raros...

Abraço,
Saulo

Murta disse...

Abraço forte, ,amigo Jef. Se chover no palco, avisa pra gente.

Cassia disse...

Jefferson, elenco, posso sinceramente dizer que foi o meu melhor trabalho, o mais prazeroso, o mais estafante, mas o melhor.
Saudades e beijos a todos
Com muito amor e admiração,
Cassinha (a sumida)